sexta-feira, 23 de julho de 2010

Enquanto isso no Brasil...


Eu gosto muito de contar as coisas que me acontecem aqui no Cabo Verde como forma de incentivo para jovens que sentem vontade de trabalhar para Deus!
Mas acontece que muitas vezes posso parecer muito pouco prática já que estou no Cabo Verde e vocês em realidade quase 100% diferente dessa realidade que vivo.
Então hoje eu pude trazer uma experiência de um grupo que está começando no Brasil - SP, com muita vontade de servir a Deus e procurando a melhor forma para isso!
Nesse ultimo sábado passado eles puderam ter uma experiência mais prática disso e vou deixar eles mesmo contarem!
Inspirem-se! Porque seu serviço para Deus pode ficar ainda melhor!



Não parecia sábado
Cristianismo prático!
Aos desavisados, pode parecer demagogia ou senso comum, mas era exatamente isto que 9 jovens buscavam no dia 18 de Julho. Para tentar viver esta experiência, escolhemos 2 programas: visita ao HASP (Hospital Adventista de São Paulo) e à ONG VIDA NOVA.
Os mais céticos já devem estar se perguntando: “Visita em hospital adventista? Éh!!! esses fraldinhas querem fazer trabalho missionário dentro da bolha adventista!”
Por incrível que pareça, esta foi minha primeira reação quando falamos sobre visitar este hospital. Pensei que todos pacientes fossem já adventistas e que todos estariam com suas famílias os acompanhando tornando seus momentos de fragilidade menos dolorosos, mas não foi exatamente isto que encontramos.
Chegamos às 8 e 30 para afinarmos nossos instrumentos. Sim, tínhamos 3 violões, 2 gaitas, um trompete e vozes. Pode parecer muito barulho pra um hospital mas conseguimos fazer um som aceitável.
Para esquentar os motores, um culto com os enfermeiros e colaboradores do HASP. Foi interessante ver a receptividade. Parecia que estávamos fazendo muuuuita coisa indo até o hospital.
Depois, iniciamos nossa jornada de visitação aos quartos. Eram 20 pacientes, se não me falha a memória. Começamos as visitas. No início, muito “amarrados” e pouco confortantes, mas aos poucos, nos envolvemos com os pacientes, brincamos com eles e até vimos alguns poucos tirarem um sarro do nosso grupo heterogêneo.
Em alguns quartos, era mais difícil conter as lágrimas do que tocar o trompete. Um quadro que ninguém gosta de ver. Mas se fugirmos desse ambiente, certamente o quadro piora e o ostracismo dos pacientes faz a situação ser mais implacável.
No final das contas, muitas surpresas: a maioria dos pacientes era não adventistas, noventa por cento dos pacientes aceitaram a visita e foram receptivos, há carência comprovada de visitantes mesmo no hospital adventista, há um capelão muito engajado e bastante envolvido nas questões do hospital que precisa de muita ajuda de voluntários...
Depois desse momento, quando normalmente já estaríamos saturados de ajudar ao próximo, rumamos da Liberdade ao Capão Redondo. Fomos conhecer o projeto da ONG VIDA NOVA.
Simplesmente genial! Muitas crianças de idades variadas freqüentam esta ONG como alternativa à falta de alternativa que lhes é imposta pelas circunstâncias.
Há alguma oficinas nas quais as crianças aprendem sobre assuntos variados, desde música, cinema, artes, etc. Tem até uma “brinquedoteca” para os mais novos. Essa iniciativa merece muito mais enfoque, mas ainda tenho pouco conhecimento sobre ela. Mando o link do site para que os interessados possam acessá-lo e possam ver a consonância que existem entre a necessidade destas crianças e nossa oferta de voluntariado. http://www.vidanovapravoce.com.br/#
O que pudemos notar nas poucas horas que ficamos nessa ONG é que as crianças tem aprendido mais do que as oficinas tem ensinado, elas começam a valorar o respeito e as regras básicas de convivência.
De noite, para fechar o dia, confraternizamos comendo uma panqueca. Perfeito!
Agora voltando para os 9 jovens que queriam a experiência de “cristianismo prático”, os depoimentos foram variados. No entanto, a tônica foi uma só: Precisamos replicar experiências como essas com freqüência!!!
Trabalho não falta: há um sem número de ONG’s, asilos, albergues, creches, hospitais, visinhos.
Particularmente, fiquei feliz pois não “lacei o sol” a fim de puxá-lo e acelerá-lo. Não fiquei em contagem regressiva. No fim do dia percebi que foi um sábado tão deleitoso que nem parecia sábado.
Era isso que Deus queria que fosse o sábado? Agora fez sentido!!!



Deus é bem criativo na forma como Ele quer que O sirvamos... Escolha uma dessas formas!
O contato desse grupo é Rodolfo - rodolfo.benevenuto@gmail.com e Daniel dmva@hotmail.com

Tenham um excelente sábado e que ele possa ser de Verdade!

Abraço

Aline

domingo, 18 de julho de 2010

Ele protege!


Como já contei há algum tempo atrás, estive fazendo um trabalho mais especifico na cadeia civíl!
é um lugar de difícil acesso e muitas vezes pouco agradável. Comecei a faze-lo dentro da ala masculina, mas aquilo estava me incomodando, mesmo sendo informal e um estudo bíblico rápido, ainda assim era um ambiente hostil e pouco protegido!
Foi então que designei o serviço para outros homens da igreja e comecei a trabalhar com as mulheres durante a semana e com cultos de sábado!

O trabalho com as mulheres frutificou muito e agora tem sido contínuo! Todos os sábados grupos de mulheres adventistas cantam com as coletâneas que consegui montar com a ajuda de alguns membros daqui, fazemos estudo bíblico "A Bíblia Ensina Jovem" e anotamos os pedidos de oração para orar durante a semana!


Como de costume entramos em um sábado de manhã na cadeia, passamos pela revista, e então os guardas prisionais nos encaminharam para as alas!
Existem 2 alas masculinas que fazem culto de manhã e uma feminina! Os homens que nos acompanhavam para fazer o culto foram logo dirigidos às suas respectivas alas.
Mas eu estava acompanhada de outras 5 mulheres, e então ficamos esperando até que nos chamassem. As detentas tem obrigações simples antes de poderem ir para o nosso culto, assim sempre temos que esperar um pouco até que possamos entrar em contato com elas.
Esse sábado, no entanto seria bem diferente dos outros!

Eu estava levando mais 60 estudos Bíblicos para a ala das mulheres, pois a maioria ainda estava sem.
A minha mochila estava pesada e não tínhamos lugar mais para esperar, foi então que um guarda prisional nos chama a acompanha-lo. Fomos sem entender muito e percebemos que estávamos entrando no pavilhão masculino, me perguntei se por um acaso as mulheres tinham acesso aquela parte, mas continuei acompanhando, não conhecia aquela parte, pois só tinha acesso para dar estudos bíblicos semanais à área externa da prisão. Quando chegamos a um portão de ferro entre longos corredores, o guarda disse: "Hoje vocês assistirão o culto aqui!", entramos em uma quadra de esportes improvisada com o teto aberto e protegido por grades. Lá dentro estavam os irmãos da igreja que foram conosco para a Cadeia civil para o culto daquele sábado de manhã. Eles já tinham começado o hino inicial com os 93 presos que lá estavam e, sem que eu pudesse dizer mais nada a porta de ferro foi fechada nas minhas costas!
Eu não costumo ter medo de muitas coisas.
Já fui assaltada aqui. As vezes sou obrigada a pegar táxi muito tarde e andar por ruas que conheço muito pouco. Já tive que fugir de bêbados e homens com pouco pudor ou decência, Mas dessa vez o medo subiu pela minha espinha e me arrepiou o cabelo!
Talvez por saber a realidade prisional do Brasil, isso tenha parecido mais medonho para mim do que para as mulheres que me acompanhavam. A questão é que no Brasil não se coloca 5 mulheres no meio de 93 presos sem nenhum guarda por perto! Isso seria um caminho a um desastre.
Eu respirei fundo e disse a Deus: "eu não faço idéia do que Você esteja fazendo, mas acredito na Sua proteção!"
Quase que instantaneamente Deus me lembrou dos estudos bíblicos e quando um dos presos que regia o hino inicial me chamou a frente para dirigir o culto, eu já sabia o que fazer.
Entreguei os estudos que eram poucos, mas suficientes para começar a primeira lição!
Lá estudei e ensinei-lhes sobre a existência de Deus. Conversamos um pouco sobre Suas características e sobre Seu imenso amor. Todos participaram e se envolveram como homens civilizados do Senhor. E aí eu vi a mão de Deus!
Eu nunca teria entregue esses estudos a eles se não fosse essa intervenção divina.
Ele sabia que a ala masculina precisava tanto disso quanto a ala feminina.
Eles continuaram os estudos com os homens, e eu não precisei mais ir até aquela parte da cadeia.
Quanto às mulheres, pude entregar a elas no sábado seguinte e terminar os estudos que havíamos começado.
Mas quanto a mim, pude comprovar mais uma vez a transformação que Deus faz na vida das pessoas e ainda pude entender que Ele me protege porque o Seu intuito é bem mais real e divino que o meu!


Grande abraço aos queridos...
Saudades imensas

Aline Camargo
(com 2 semanas de Cabo Verde pela frente e contando!)

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Não tem explicação!





Há alguns domingos atrás acabou a campanha de rua! Foi interessante pq no final dela aconteceu um lindo batismo. Já tinha participado de alguns por aqui depois de ter acabado as turmas de Classe Bíblica. Mas esse foi diferente.
Foi na rua, em um tanque (caixa d´agua) e mesmo ao ar livre, conseguimos sentir a presença de Deus!
Jovens se entregaram publicamente a Deus e muitos foram conferir!
Muitos gostam do evangelho e de aprender sobre o evangelho. Mas não conseguem coragem para deixar a tradição atual e dizer para todos que agora querem seguir à Jesus!
Entre os batizandos um se destaca: WLA!
é esse menino na foto.
Ele é alguém muito feliz. Aliás, constantemente Feliz!
Possui uma vida simples e segundo os padrões desse mundo, sem motivo algum para ser feliz. Mas é!
Wla mora na casa da tia, que nao o alimenta e nao permite que ele use a agua da casa nem para tomar banho. Mas ele trata bem a tia e a familia.
Ele nao consegue emprego porque nao conseguiu terminar os estudos básicos. Mas nunca se revoltou com a sociedade.
Nunca recebeu nenhum dinheiro de sua mãe que mora em Portugal mesmo ela entregando aos outros irmãos. Mas ama a mãe e fala dela com imenso amor!
O mundo nao o trata bem, mas ele responde com um grande e branco sorriso!
Esse é o Wla!

Comecei a dar estudos para ele em Abril. E desde o primeiro estudo ele já queria se batizar! A cada estudo ele saia mais feliz, e nos deixava muito feliz por isso também.
Um dia, antes de começar os estudos, ele disse: "Ah Aline, eu estou tão feliz! Jesus é meu amigo e agora a vida é mais leve! é como se tivessem tirado um homem de 90 Kilos das minhas costas!Nada mais consegue me fazer deixar de me alegrar no Senhor!"
Eu me emociono com a vida do Wla. E não foi diferente com o seu novo nascimento! Cantei para eles antes de descerem as aguas! E depois ele chorou muito com um sorriso enorme e disse para toda aquela gente curiosa na rua! "não tem sensação melhor, nem decisão mais sábia a tomar!"
Esse menino sem ter motivos materiais para crer em Deus creu... Sem motivos de ser feliz, é. e sem motivo de ser gentil, escolheu ser! é nisso que se resume a transformação de Jesus: Amar, ser feliz e crer sem aparente razão.

Saudades de Todos!

Aline

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Ele se Importa!


Um pouco de humor antes do relato de hoje...

Ontem de tarde estava voltando de umas visitações na parte de baixo da cidade.
Tinha sido muito boas as conversas que tive sobre Jesus e isso fez com que eu me sentisse feliz por servir ao Senhor. No entanto quando subia a ladeira, meu último chinelo estourou! Era uma havaiana vermelha!
Gosto muito dela por ser confortável e vermelha e brasileira e unica!
Fiquei constrangida, mesmo porque, a rua estava lotada de gente me olhando. Talvez pensando: “Que ironia, uma brasileira com uma havaiana estragada, deve ser falsificada!” rs
Eu continuei andando achando que ela não soltaria muitas vezes, mas a cada três passos ela soltava de novo!
Meu constrangimento foi a tal ponto que cansei de abaixar no chão para tentar conserta-la.
Fiquei logo desanimada achando que teria de ir descalça para casa, mesmo sabendo que isso seria suicídio.
Então respirei fundo, peguei-a na mão e perguntei para Deus o que deveria fazer.
Foi incrível... Eu olhei no meu pulso e vi dois elásticos de amarrar cabelo e logo fiz um gancho com a havaiana e aí temos o resultado dela.

Eu acho maravilhoso a forma como Deus se importa com os detalhes da minha vida. Ele sabe que o chão de onde eu moro é acidentado ao ponto de estourar e estragar todas as minhas sandálias. E Ele se importa e me apresenta solução para os mínimos detalhes.
Subi a rua feliz por que Ele se importa...


Relato de Hoje:

Eu estudei sobre o perdão no culto pela internet com o meu namorado hoje. Segundo um dos estudos que dei ontem, o perdão vai além de aceitar as desculpas de alguém.
Segundo Isaias 43:25 “Eu, eu mesmo, sou o que apago as tuas transgressões por amor de mim, e dos teus pecados não me lembro.”, Deus perdoa os meus pecados e não se lembra deles.
Conversamos sobre como seria maravilhoso o mundo se pudéssemos dar novas chances e novas chances as pessoas. Quantas pessoas poderiam ter um novo começo e não ser taxado de assassino para sempre, ou de ladrão ou de adultero!
Quantas guerras evitadas e famílias reconstruídas! E ainda que no pior dos casos não houvesse melhoras por parte do transgressor, eu que fui magoada e/ou ofendida poderia viver em paz, porque perdoei e esqueci.
O tema da série “O Caminho” (www.novotempo.org/ocaminho) para esse estudo é “O Caminho para a Felicidade” porque de fato apenas somos felizes quando somos perdoados por Jesus e perdoamos ao próximo!

Assim eu sai de casa feliz por discutir mais sobre o perdão e fui para dar estudos bíblicos em uma das ruas do Brasil (falei desse local nesse post aqui http://alinenaafrica.blogspot.com/2010/05/tudo-posso-parte-i.html).

Chegando lá resolvi mudar o curso dos estudos e falei sobre o perdão. Não tinham muitas mulheres conosco durante o estudo. Mas conversei com elas e passei os versículos necessários para aquela lição.
Senti um certo desconforto entre elas e achei q elas não estivessem se agradando com o que estava falando.
Eu normalmente não me faço muito clara nos estudos, mesmo porque meu português é muito diferente dos que eles escutam. São pessoas simples que lêem muito pouco e entendem muito menos ainda sobre a linguagem bíblica.
Sempre oro muito para o Espírito Santo traduzir aquelas pessoas o que Ele gostaria que elas entendessem porque eu não sou capaz de explicar de forma que elas entendam!
Enfim...
Terminei de falar, elas deram as mãos e oramos para que Deus tirasse do nosso coração toda mágoa e dor contra o nosso próximo para que pudéssemos ser felizes!
Tendo certeza que não agradei com aquela lição após as mulheres nem me darem tchau direito, sai com a minha dupla de estudos: A Anícia.
No caminho ela me disse: “Você sabia que elas não estavam se falando a mais de 2 meses?”. “Elas brigaram feio semana passada! Que incrível a mensagem, caiu direitinho com elas, até se deram as mãos no final”.
Eu realmente não fazia idéia de que elas tinham brigado! Mas Deus sabia e mais uma vez sai... subindo outra rua, pensando em outros milagres.... mas sorrindo pelo mesmo motivo: Ele se importa!

Bjos a todos!!!!

Saudades!!!!


Aline

sábado, 19 de junho de 2010

Se não entreguei tudo...


Fui passar 3 semanas no Brasil entre os meses de maio e junho!
Aconteceram casamentos e nascimentos e outros “entos” (saudades do namorado) que me incentivaram a ir!
É sempre uma benção poder estar com a família e amado, que logo será familia, depois de quase 9 meses sem vê-los! Ser paparicada e amada por todos é realmente como encontrar um oásis no deserto e amei que Deus tenha me dado mais esse presente mesmo sem eu merecer!
Para quem mora fora do país ou muito longe da família sabe do que estou falando. Mas para os que ainda não tiveram essa experiência, vou descrever-lhes com simplicidade e rapidez:
É DOLORIDO E SOLITÁRIO! Rs
Por já estar no Cabo Verde por quase 9 meses seguidos, tinha me acostumado com essa falta. Já tinha até esquecido o que é sentir tanta falta da família e dos amados; Poder assistir um culto. Poder escutar uma musica com uma orquestra, comer a comida q cheira e tem gosto de infância! Conversar na mesma língua e falar sem ter q repetir duas vezes: ser realmente compreendida!rs
Não lembrava que sentia falta dessas “pequenices”, mas senti!
Essas semanas que passaram desde que eu voltei foram difíceis. Queria tomar de volta o tempo que tinha dado a Deus! Não queria mais ficar longe dos amados. Estava doendo demais. A saudade se apresentou a mim de uma forma tão amedrontadora que quis fugir!
Então fugi!

Diferente da minha rotina na ida, os meus dias estão muito mais tranqüilos por que não continuaram os estudos que eu tinha deixado por aqui. Muitos projetos tiveram que começar quase do zero. Isso seria ruim, mas eu realmente precisava desse tempo com Deus. Então minhas manhãs inteiras fiquei fugida. Passava horas trancada em casa com Deus!
Ele me escutou com grande paciência. Chorei, briguei, li muito e questionei muito o que li, sugestionei e até barganhei.
Ele escutou!
Essa sexta fiz Jejum e o coração ficou ainda mais apertado quando ontem me dei conta que falta um pouco menos de 3 meses para terminar meu tempo por aqui!
Foi então que hoje de manhã Deus me acordou às 5h30 (esqueci meu relógio e carregador de cel no Brasil). Entendi que Ele queria conversar!
Peguei minha bíblia e louvei um pouco ao Senhor.
Depois abri minha meditação de Oswald Chambers “My utmost for his highest!” (Tudo para Ele) e no dia de ontem (18/06) estava lá:
“Apoiados em Deus podemos perfeitamente andar sobre ondas, mas assim que a autocomiseração entre em cena, lá vamos nós para o fundo. Se estamos reconhecendo o Senhor, não precisamos nos preocupar com o lugar onde Ele nos coloca e nem com as circunstâncias que nos envolvem. As circunstancias estão ai, e assim que olhamos para elas somos derrotados, não conseguimos reconhecer Jesus, e vem então a repreensão: “Porque Duvidaste?” Quaisquer que sejam as circunstâncias, continuemos reconhecendo Jesus, mantenhamos absoluta confiança nEle.” (fazendo referencia à Mt. 14:29 e 30 – História de Pedro andando sobre as águas).
É incrível o que acontece quando deixamos Deus falar! Rs
Não adianta que eu olhe para as minhas circunstâncias e sinta dó porque tenho sofrido longe dos amados. No final, a angustia vem se por um acaso eu esqueço que se não me entreguei inteiramente para Ele, então não entreguei nada ainda. Será assim então: TUDO PARA ELE!
Bjos com saudades

Aline (Feliz de poder trabalhar para Ele outra vez)

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Tudo Posso... (parte II)

No Dia seguinte eu cheguei na região do Brasil ávida e feliz para dar o estudo bíblico!
Cheguei e Leninha já sorriu de forma menos tímida! Agora parecia que algo nos ligava, eu sabia Quem era, ela olhou tentando entender da onde vinha aquela paz... “Aline, dormi sabe (gostoso) essa noite obrigada pela mensagem de ontem”
A chamei para estudar e ela resolveu q seria melhor estudarmos na praça que fica em frente ao bar! Para mim aquela foi uma excelente notícia. Aqui no Cabo Verde o calor é muito forte, as vezes nos locais fechados acaba piorando e como ficava de frente para o mar, então tinha bastante vento e uma visão incrível.
Bom, sentamos nos bancos da praça e em volta de nós tinham alguns homens jogando Ouril – jogo típico daqui- e algumas crianças brincando na areia. Comecei o estudo com o primeiro tema: “Deus Existe”!
O estudo discorria sobre como era Deus, Espírito, Pai, Amor, Eterno Verdadeiro, Fiel.
Ela prestou atenção do começo ao fim! E sem que eu percebesse, quando cheguei na pergunta 2, já tinham mais de 10 pessoas em volta prestando muita atenção...
Me distrai mais uma vez com o estudo e ao chegar na pergunta 5, tinham mais 7!
Até o final do estudo já tinham se aglomerado mais de 20 pessoas em volta do banco da praça.
Eles pediram para aprenderem também! Surpresa, eu disse que voltaria no dia seguinte com mais estudos e pessoas para conseguirmos acompanhar melhor!

Não estava acreditando muito bem no que tinha acontecido! Como aconteceu?
Passei a caixinha de promessas e todos ficaram impressionados como Deus falava diretamente com eles...
Expliquei que a caixinha de promessas é apenas parte da bíblia. E que a Bíblia inteira tem muito mais a dizer!

Foi uma tarde muito feliz, E tem sido até então!
Todos os dias tenho ido lá dar estudos para essas pessoas que variam de numero entre 17 e 20 pessoas por estudo! Elas tem aprendido sobre esse Deus que Existe SIM e tem feito visível diferença na vida de cada um deles!

Peço oração por essas pessoas! Elas precisam muito do resgate do Senhor, cada uma delas vive judiada pelo pecado e pela falta de amor do Mundo! Que Deus cuide de cada um daqueles filhos sofridos dali!

Bjos com MUITAS saudades!

Aline

domingo, 9 de maio de 2010

Tudo posso... (parte I)



Primeiramente peço desculpas pela falta de postagens!
Sim... de fato não posto faz 1 semana e sei que isso parece falta de interesse para informar os queridos.
No entanto, eu as vezes tenho alguns bloqueios na hora de escrever. Sim! Eu não sou escritora, e por mais que não pareça, escrever para mim é um tremendo esforço! Quase tanto esforço quanto fazer exercícios no inverno e regime nas férias!
Mas ai vai parte dos últimos acontecimentos:

A pouco tempo conheci uma região chamada Brasil.
Sim... vocês devem pensar que me sinto bem indo para um lugar onde tem o nome da minha terra. Mas irônicamente, esse é um dos lugares mais complicados e violentos da Cidade da Praia. Sim, brasileiros vem para o Cabo Verde tentar consertar/ajudar o Brasil daqui!
As crianças andam peladinhas e sem comer por dias nas ruas. Mesmo tendo mães, essas se ocupam e gastam seus recursos, suadamente adquiridos através da prostituição. Usam droga e logo ficam grávidas outra vez, largando mais uma criança nas ruas do Brasil.
Esse é um ciclo que vem crescendo a cada dia nessa região e deixando a sociedade preocupada, porque é de lá que surgem as principais gangues e usuários de drogas!

Eu conheci essa região por causa de uma das pessoas que dou estudos Bíblico. Ela trabalha em um bar por lá e tem uma familia marcada pela Magia negra, feiticeiros e ocultismos vindos de Dacar. Região do Continente Africano conhecido por sua crença ocultista.
Por muito tempo essa menina, Sandra, comentava que sua irmã não acreditava em nada de Jesus, e que muitos outros já haviam conversado com ela sobre Deus sem nenhum efeito.
Foi então que resolvi aceitar o desafio feito nas entre-linhas por sua irmã e marquei para dar estudo para ela.
Orei por uma semana sem achar muito espaço na agenda para mais um estudo.
Até que um dia acordei chateada por ter tido a npotícia de mais um abandono no meu trabalho. Mais uma pessoa havia me dado as costas e isso fez com que aumentasse ainda mais a saudade da familia. Comecei a me chateada por me sentir muitas vezes inútil e muito sozinha e pouco apoiada em um serviço tão grande como esse. A solidão no serviço muitas vezes me leva ao desespero e só tenho vontade de chorar e ficar em casa esperando que o tempo passe.
Foi durante meus exercícios físicos da manhã que clamei a Deus. Disse que aquele sonho de converter as pessoas era mais dEle do que meu. Não queria me sentir abandonada e inútil daquela forma. "Preciso da Sua ajuda Senhor, se não quiser me ajudar, pode me mandar de volta porque não sei como continuar sem você. Sou inútil sozinha aqui!"
Voltei para casa e ao me preparar para sair para o campo de estudos bíblicos, o telefone toca e era a minha dupla desmarcando os estudos por questões pessoais!
Bom.. o tempo que eu precisava para ir até a região do Brasil, tinha sido arranjado, e então fui.
No caminho passei por "becos" que não permitiria nem um menino passar, quanto mais eu, mas sabia que Jesus estava comigo e continuei. Pude visualizar quão machucada é a região. Meninas novas sentadas nos colos de homens mais velhos. Crianças comendo porcaria do chão e adolescentes com ódio em seus olhos esperando um motivo para liberar aquele ódio em alguém! Escutei coisas que não me são permitido replicar aqui. A sensação de inutilidade foi aumentando de tal forma que quis chorar e quando achei que não poderia mais aguentar aquilo, chegamos a casa da Leninha!
Quando cheguei, Leninha, irmã de Sandra, abriu a porta e sorriu de forma tímida, mas muito carinhosa, continuei a tratando com carinho como se não estivesse impressionada com a sua boa recepção.

Falei de Jesus. Li a Meditação dos Mananciais do Deserto que falou sobre Seu amor imenso em nos dar a Vida Eterna. Na caixinha de promessas ela pegou um verso que falava sobre Deus nos livrar do poder da morte.
Ela suspirou fundo e disse. "Aline, eu sempre penso em me matar. é como se alguém me descrevesse como deveria acontecer tudo e como deveria tirar a minha vida que não vale quase nada!".
Eu peguei em suas mãos e disse que aquele que dizia aquelas coisas era Satanás. e que o maior desejo dele era poder coloca-la em tristeza tamanha que a faria tirar a vida antes que ela descobrisse sobre Jesus! Sorri, e completei: "Mas já é tarde, porque você já descobriu não foi?!"
Ela chorou e pediu que voltasse mais vezes! Prometi que voltaria.
Quando estava saindo de lá Sandra estava sem fala. Perguntou o que eu havia feito.
-"Deus tem o sonho de salvar toda a sua criatura. Esse é o sonho dEle muito antes de ser o nosso Sandra! Foi Ele que fez e não eu!" -Respondi com confiança, mesmo sem entender muito bem sobre esse amor que é grande de mais para caber na minha cabeça e no meu coração.
Mas saí daquela região, machucada pelo pecado, com o coração grato porque não existe vida inútil nas mãos de Deus... a começar pela minha!

Bjos cheios de saudade


Aline Camargo

ps> parte II desse relato em breve...

segunda-feira, 19 de abril de 2010

As Bíblias!






Eu Lembro daquele domingo de noite... estava levemente frio e todos estavam juntos cantando e louvando ao Deus de Jacó e de Isaque e da Maria e do João Gabriel!
Lá nós, em coro, juntos, orávamos em forma de canção, em espírito e verdade pela mesma coisa: A abreviação da volta de Jesus através da Missão!
Foi quando o Pr. Venefrides subiu ao palco que eu percebi como Deus é grande e o quanto Ele gosta da união do Seu povo. Ele avisou que toda a arrecadação do dinheiro, para a expedição África, não tinha sido suficientes e que era necessário fazermos uma arrecadação naquele mesmo local para conseguirmos bíblias para mandarmos para o Cabo Verde!
Foi então que os Chapéus dos organizadores do evento começou a passar pelas fileiras. E cada um dava o que podia. Uns deram o suficiente para algumas 3 ou quatro bíblias, outros para milhares de bíblias, mas de qualquer forma sentimos Deus tocando no coração de cada uma das pessoas que doaram liberalmente pela causa do Senhor. Sentia naquele momento que eles gostariam de estar junto no momento da entrega das Bíblias, mas isso não sendo possível já ficavam felizes em envia-las pelo Senhor!
O Fim disso tudo foi uma grande bênção e a junção de recursos suficientes para milhares de bíblias! Penso então em Atos 2:1 Onde estavam todos unidos e então veio o Espírito Santo e foi possível sentir a presença de Deus!
A união dos santos do Senhor operou um milagre que fica mais evidente agora...

As Biblias Chegaram e isso tem sido uma benção para o nosso campo de trabalho!
Igrejas e membros novos que ainda não possuíam bíblias agora podem desfrutar da leitura pessoal com a carta direta de amor de Deus para eles!
É lindo ver a alegria das pessoas quando entregamos as bíblias como “material” de nosso estudo!
Cada umas das pessoas as segura como se fosse um pedaço da salvação! Eu não tenho todas as fotos das Bíblias, Mas tenho algumas e são essas que posto como agradecimento por cada individuo que doou seus recursos e tempo e alegrias para a causa de Deus! Tenho certeza que Deus entregará muito mais de volta para cada um de vocês que doou!
E ainda lembro que por mais que vocês não consigam ver no rosto de cada uma dessas pessoas o “muito obrigada”, pode ter certeza que existe e que Deus os chamará de missionários por terem abreviado a Sua volta na facilitação da pregação do Evangelho!
Tomem a promessa de Provérbios 19:17 e façam uma verdade em suas vidas, pois Ele cumprirá!

“Quem faz caridade ao pobre empresta a Deus, que pagará o bem que se fez”!!! Pro. 19:17



Que Jesus abençoe a todos!
Grande Abraço. Cheio de Saudade!

Aline Camargo

quarta-feira, 14 de abril de 2010

"Sei em quem tenho Crido!"



Em um testemunho emocionado consegui esse sábado conhecer a Idel.
Ela é uma menina extremamente sorridente, muito bonita e de 18 anos de idade. E até que ela conte a história de conversão dela, você acredita que a vida é fácil e indolor... mas vou contar aqui para vocês da forma como ela contou para mim:

“Eu tenho 18 anos e terminei agora o ciclo do Liceu (correspondente ao Fundamental + Colegial no Brasil).
Estou me preparando para fazer um curso de Turismo em Setembro.
Eu era católica praticante e muito interessada pela igreja e por Jesus. Sempre lia a bíblia, mesmo tendo apenas o novo testamento em casa!
Foi assim que senti falta de ler o resto da Bíblia. Resolvi isso no começo de 2009 quando fui passar as férias na casa dos meus avós. Lá eles tinham uma Bíblia inteira e eu a li bastante, desde a Criação até os Dez mandamentos. Foi quando li sobre o Sábado. Perguntei para o meu Avô porque a igreja não mais seguia o sábado e ele me explicou que é uma homenagem ao dia da ressurreição de Jesus que aconteceu no domingo. Eu não entendi muito bem porque que conforme ia lendo, via cada vez mais citações sobre o Sábado. Continuei com a dúvida e fui para a casa dos meus pais de volta das férias.
Quando voltaram as aulas levei minha Bíblia que tinha a parte do novo testamento para a sala e fiquei lendo.
Uma menina que já tinha saído da igreja me perguntou pq eu estava lendo a Bíblia agora e disse que queria aprender mais sobre Deus. Ela me levou até a casa dela e a mãe dela que também costumava ir na igreja Adventista me emprestou uma Bíblia e me indicou para um estudo Bíblico.
Comecei a estudar a Bíblia com um Jovem e me encantei com a palavra de Deus. Minha vida começou a se transformar de uma forma que nunca tinha imaginado. Sorria por motivos bobos. Tudo era motivo de alegria para mim e parecia que nada poderia me fazer triste.
Meus pais são Católicos praticantes juntamente com os meus avós e tios e quase toda a família. Eles também perceberam minha mudança e começaram a perguntar o que eu estava fazendo indo de manhã tão cedo para a escola. Eles não sabiam ainda que eu não tinha mais aula de Sábado (aqui o Liceu tem aulas de Sábado) e eu menti dizendo que estava querendo estudar mais.
Mas a consciência ficou doendo e logo eu contei a verdade e eles mandaram eu parar de ira a igreja que estavam avisando pela primeira e ultima vez. Mas eu não parei. Continuei sábado a sábado indo e meu pai sempre gritando e me trancando no quarto me proibindo sair de paródia (festa) aos sábados a noite. Eu ficava em casa trancada de sábado de noite feliz porque assim eu poderia ler a Bíblia sem a interrupção dos meus pais.
Mas depois de um sábado de manhã quando voltei para casa meu pai me chamou no quarto e perguntei onde eu tinha ido. Eu menti e ele me mandou para o meu quarto. Mas a consciência de novo pesava por ter mentido então contei. Ele perguntou se eu não deixaria de ir, e eu confirmei com todas as forças que não deixaria mais Jesus. Então ele me bateu muito aquela noite. Eu fui para a cama e só tremia. Não conseguia parar de pensar e perguntar do porque para Jesus. Mas derepente senti uma paz enorme e ali vi que não era Jesus que estava permitindo, mas o inimigo tentando me fazer desistir.
No dia seguinte falei que ia estudar com uma amiga e lá ela chamou de surpresa o Jvem que estava dando estudos para mim. Contei tudo para ele e ele disse para eu não desistir. Eu não desistia. Todos os sábado eu me vestia com maquiagem forte roupas justas e curtas e brincos e ia para a igreja. No banheiro da igreja me trocava, mas quando meus pais descobriam que tinha ido para a igreja apanhava muito. Minha mãe chegou a rasgar todas as minhas saias no intuito de não mais ir para a igreja. Cheguei a apanhar mais de 3 vezes num mesmo dia. Mas já tinha decidido que não deixaria isso para trás. Era a verdade e ela me libertaria. Pedi às únicas meninas da minha escola que sabia serem adventistas para que orassem por mim. Elas oraram, levaram os pedidos para as igrejas, se passaram muitos meses com a rotina de ir a igreja e apanhar por isso. Mas um sábado, meu pai me chamou, e eu já preparada para apanhar me surpreendi. Ele disse que eu era grande o suficientemente grande para decidir sobre a minha vida me deixaria ir para a igreja. Fiquei muito feliz e desde então não apanhei mais.
Meu Batismo será no dia 24 de Abril. Estou muito ansiosa por esse recomeço na minha vida. Meu pai já me ameaçou de novo dizendo que me baterá se eu me batizar, porque ele me agüenta indo para essa igreja, mas fazendo parte efetivamente deles ele não agüentaria.
Não ligo para nenhuma dessas ameaças pois sei em Quem tenho crido, e sei que é Poderoso para guardar o meu tesouro até que o dia chegue.”

Durante todo esse relato, Idel ficou sorrindo. A alegria e plenitude em Jesus me contagiaram. E não possuía um tipo de atitude revoltosa contra os pais, faz por causa do Seu Pai de verdade e não o nega nem que isso a leve a dor. Ela nunca tem o rosto abatido nem triste. Sempre sorri e está pronta para qualquer coisa ruim que possa vir lhe acontecer por não negar à Jesus. Orem Pela Idel. Deus quer usa-la também para Se apresentar à seus pais.


Saudades de todos vocês!!

Grande Abraço!

Aline

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Impactos...





Para vocês entenderem o post de hoje tenho que começar explicando algumas outras coisas...
Logo que eu cheguei no Cabo Verde tive alguns impactos. Alguns bons e outros ruins, mas tive. E impactos sempre são traumáticos, mesmo bons ou ruins. Exemplifico uma festa surpresa que faz seu coração ir mais rápido e que nos obriga as vezes até a sentar para recuperar o fôlego. Nosso corpo e mente sentem instantaneamente esses impactos e sofrem.
Quando eu cheguei senti impacto com a comida, com a lìngua, com as pessoas, seus costumes e principalmente com o clima!
Mas agüentei firme, pois era isso que eu queria, escolhi estar aqui e fiquei feliz por ter escolhido dessa forma, mesmo que isso me causasse choro de saudade!
E ainda sabia que a qualquer momento que não quisesse mais, eu poderia ir embora e minha família estaria me esperando com a comida ao qual eu estava acostumada e com as roupas que eu achava certo usar e com a água quente comum de tomar banho e com o clima “nem quente nem frio” da meia estação de São Paulo.
Mas o maior impacto que tive foi porque adorei estar aqui. As pessoas são amorosas, as paisagens tranqüilas e tenho o poder de escolha do meu cardápio que é internacional. As fotos são sobre essa maravilha que vi logo que cheguei!
(Com esse pensamento conto a seguinte história:)


Kátia, Brasileira, 30 e poucos anos, loira de cabelos longos e levemente cacheados, olhos verde, baixa estatura, mãe de 3 filhas e mulher do Adilson.

Ela foi pega no aeroporto da Praia em flagrante com drogas na mala. Juntamente com seu marido foi detida e levada à cadeia civil.
Essa era a primeira vez que ela viajava para o Cabo Verde e a recepção não foi das mais agradáveis.
Ela teve um impacto quando chegou aqui também, assim como eu tive, mas com o detalhe de não poder escolher voltar. Suas filhas estão com sua mãe no Brasil e ela e o marido ficarão por aqui por tempo indeterminado já que o julgamento ainda nem foi marcado. É assim por aqui quando o assunto é direito internacional: A Embaixada junto com toda a sua burocracia procura um advogado que auxilie seus co-cidadãos a chegarem a melhor justiça.
Quando fui visitar essa mulher depois do culto que fizemos no sábado, levei um caderninho para anotar as coisas que ela poderia precisar, e a lista foi feita com muita modéstia da parte dela. Faz quase dois meses que ela está detida e isso quer dizer que faz quase dois meses que ela dorme no colchão sem lençol e toma banho de “sabão azul” (aqueles de lavar roupa) que a cadeia deu para ela como “direito” de estadia.
Ela estranhou a comida e por não comer carne de porco desde a infância sofre com o fato de ter apenas arroz para almoçar.
Estranhou a forma das mulheres se vestirem e se tratarem, mas o mais difícil impacto foi visto durante a visitação.
Ela tem tomado altas doses de anti-depressivo pela tristeza profunda que vem sentindo. A culpa é uma inimiga da paz e essa insistente inimiga tem soprado no ouvido dela de que ela não é digna de viver. Ela estava levemente apagada com os olhos meio fechados por causa dos remédios e quando percebi que seu corpo estava machucado, perguntei o que tinha acontecido.
Ela me disse que falaram que ela ficou se jogando da beliche e se queimando e se mordendo, mas ela não lembrava de nada.

Nessa hora eu consegui ver o fundo do poço ao qual alguém pode chegar.
Ela veio passar as férias e ficar rica no Cabo Verde, teve o impacto de ser obrigada a viver anos na cadeia, pobre e miserável tendo pouco para comer!
Eu chorei quando conversei com aquela menina e apelei para que ela buscasse a Jesus como redentor. Falei que se ela já tinha pedido perdão para Jesus, Ele já tinha esquecido tudo, não tinha porque ela lembrar.
Ela chorou também, e eu orei com ela. Deixei uma meditação que tinha na bolsa e logo tive que sair a pedido das carcerárias!

Quantas pessoas nesse mundo vivem presas pela culpa e pela dor da conseqüência de um pecado?
Milhares, milhões, talvez bilhões.
Mas Deus faz um convite para se aliviar, para derramar os fardos no chão e deixar q Ele carregue. Jogue a culpa fora e se delicie na redenção de Jesus! Mat. 11:28 e 29

Grande Beijo Cheio de saudade

Aline Camargo

segunda-feira, 29 de março de 2010

"E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te?" Mat. 25:39






Há umas postagens atrás eu pedi que vocês orassem para que conseguíssemos entrar na cadeia civil na ala feminina para fazermos cultos com elas! A burocracia é muito grande, mesmo já existindo culto na ala masculina!
Aqui fica então meu agradecimento pelas orações porque conseguimos entrar esse sábado.
A igreja adventista do Cabo Vede estava com problema para entrar na cadeia civil feminina fazia 3 anos já! A burocracia não permitia que duas denominações dirigissem no mesmo dia e como a igreja Nazarena estava no sábado junto com a adventista, o diretor da cadeia optou pelos Nazarenos!
Esse ano a igreja nazarena não poderia mais ministrar os cultos de sábado por lá, o que nos deu a chance de ter todo o sábado para nós!
Isso foi uma noticia muito bem vinda para os irmãos da igreja que estavam tentando entrar por lá fazia mais de um ano! Foi com essa noticia que ajuntei 8 mulheres e fomos! Saímos ás 8h30 am da igreja e chegamos lá as 9h am.
Passamos pelo portão e fomos nos registrar! Entregamos os documentos e depois fomos revistadas. Lá tiraram minha câmera porque não podemos tirar foto das presas, então peço desculpa porque no momento não conseguirão conhecer as presas. Mas assim que eu conseguir eu tiro pelo menos uma foto para vocês as conhecerem!

Entramos na sala de reuniao das presas e logo elas chegaram. Como é um culto, fica da escolha das próprias presas ir ou não! Elas não viam a Igreja Adventista fazia muito tempo já, o que fez com que poucas apenas quisessem participar. Elas estavam em 15 ao todo e logo começamos o culto!
Foi uma tremenda benção o culto todo! Cantamos, oramos, elas apresentaram pedidos de oração e choraram muito pela falta que sentem da familia e pela vergonha de estarem por lá!
Algumas delas estão a mais de 1 ano sem poder ver os filhos pequenos! Choravam muito durante os momentos de pedidos! Entre essas mulheres estava uma brasileira do Estado de São Paulo. Ela foi pega no final de fevereiro com porte de drogas junto com seu marido! Os dois estão detidos na cadeia e sem poder ver ninguém já que não cnhecem mais ninguém por aqui!
Combinamos de nos falar mais durante a visitação de quinta de manhã! Ela chorava muito e dizia q tinha vergonha de Deus! Por favor orem por ela! (não deixarei o nome aqui, mas Deus sabe quem ela é)
Na mensagem do culto contei que elas nao são quem os outros pensam que são! Elas são o que Deus pensa que elas são: Pupila dos Olhos de Deus, meninas a imagem e semelhança de Deus, Sacerdócio real e povo escolhido do Pai e filhas do Senhor! Contei que Deus faz novas todas as coisas e que Deus as quer da forma como são! Em meio a muitas lágrimas todas elas aceitaram se entregar a Jesus e se comprometeram a estudar conosco aos sábados!

Quando acabou o tempo já era 12h00. Elas se despediram de nós com Abraços e lágrimas e agradeceram por momentos de esperança! Logo a PM abriu a sala para nós podermos sair e fomos!
O rosto de nós 9 quando saímos da sala prisional era de tremenda satisfação! Nós saímos de lá muito mais abençoadas e cheias do Espírito do que quando entramos! As mulheres confessaram que gostariam de voltar todos os sábados para esse encontro com o Senhor!
Mas ai ficou um questionamento: Como assim encontramos Deus mais visivelmente ali, no meio de pessoas marginalizadas pela sociedade por seus crimes?
Bom... vem a resposta de Jesus...
"Um certo credor tinha dois devedores: um devia-lhe quinhentos dinheiros, e outro cinqüenta.
E, não tendo eles com que pagar, perdoou-lhes a ambos. Dize, pois, qual deles o amará mais?
" lucas 7:41 e 42
é uma delicia estar com os que reconhecem que a graça de Jesus é grande demais para dar as costas! Muito Deus perdoou, e por isso muito elas O amam.

Nós que as visitamos decidimos orar pelos pedidos anotados durante a semana.
Nos ajuntamos hoje no final da tarde e nos ajuntaremos de novo na quarta!
Milagres estão acontecendo e mais milagres acontecerão! Oremos por isso!

Grande abraço cheio de saudade e alegria no Senhor!

Aline Camargo

ps> as fotos são as do local da prisão e da nossa ida até lá!

domingo, 14 de março de 2010

Vai, pois, agora, e eu serei com a tua boca e te ensinarei o que hás de falar. Êxodo 4:12

Durante essa semana estive fazendo uma semana de campanha de Saúde!
Foi realizado durante a noite em uma região montanhosa da cidade onde eu moro, e lá de noite é bem frio e cheio de vento durante as noites!
Eu tive que dar algumas das palestras sem microfone em uma igreja aberta nas laterais, o que acabava me levando a me esforçar mais do que costumo fazer em uma igreja comum!
Bom... acabei essa semana de saúde ontem com nem uma gota de voz!
Sim... longe de ser saudável, mas tenho “calo vocal” e quem me conhece pessoalmente já me viu pelo menos 2 vezes rouca!
O maior problema da minha rouquidão é que hoje começa a Campanha Oficial que dura 28 dias!
Essa é uma campanha que vamos a uma área na rua e levamos a igreja: bancos, som, tela, projetor, para fazer um culto e ensinos para aqueles que não gostam de entrar na igreja por motivos de preconceito!
A Campanha é uma benção de alcance de almas! Lá, ao ar livre, muitas pessoas se aproximam, e cantam e escutam a mensagem e acabam conhecendo ainda mais sobre o amor de Deus!
As 28 Mensagens de nossa doutrina Adventista do Sétimo Dia é o tema principal de nossa campanha e cada dia temos vamos passar a mensagem da segunda vinda de Jesus.
Ainda afônica, estou saindo agora para ir para a campanha para pregar!
Não tenho voz nem para pregar em uma sala pequena com microfone... quanto mais ao ar livre para centenas de pessoas!
Acordei rindo quando não consegui atender nem o telefone hoje de manha!
A questão é que estou de fato confiante que Deus operará um milagre essa noite assim como tem operado durante todos esses dias aqui no Cabo Verde. Sei que Deus se derramará sobre o povo que lá estará para escutar a voz de D’Ele. Eles escutarão a Sua voz já que a minha já não está mais!

Venho com Mais informações sobre a campanha!

Aline Camargo

quinta-feira, 4 de março de 2010

Uma semana a menos na terra!


Essa semana está sendo ótima apesar da viagem do amigo Ricardo, recebi várias excelentes notícias!!
Mas vamos por partes para ninguém se perder:

Notícia Boa #1:
Chegaram as bíblias EHHHHHH!!!! (posto foto logo em seguida)! Chegaram todas e já foram distribuídas em quase todas as ilhas! Faltam apenas algumas ilhas para as receberem! Já fiz o podido aos pastores de cada ilha para fazerem vídeos comentando sobre as bíblias! Logo posto para vocês também!
pROMETO POSTAR MAIS DETALHES SOBRE ISSO !!!

Notícia Boa #2:
Estou estudando com uma mulher que é casada a 7 anos. O nome dela é Katy e ela não é adventista. Não estou dando Estudo Bíblico convencional, estou estudando sobre o amor com ela. E desde o nosso primeiro encontro à 1 mês e algumas semanas atrás, temos orado por um desejo do coração dela.
Ela gostaria que Deus operasse um milagre na vida dela, pois ela é estéril. Não pode ter filhos de forma alguma, segundo o médico dela!
Logo que fiquei sabendo sobe isso, separei uma mensagem especial sobre os milagres de Deus nessa área: Falei sobe Ana, depois sobre Sansão e falei sobre os salmos que prometem que Deus faz da estéril mãe de família!
Oramos pedindo um milagre e declarando que Deus tem poder para isso!
Essa segunda ela me avisou que eu serei madrinha do filho dela que tem 1 mês e meio de vida em sua barriga! DEUS É UM DEUS DE PROMESSAS!

Noticia boa #3:
Hoje foi dia de visitação na cadeia civil e fiquei mais tempo na fila e menos tempo dentro da cadeia dando estudos...
MAS...
Descobri que aquele único estudo que deixei lá dentro está servindo para mais 4 pessoas!
Excelente né? Um dos estudantes usou os 7 minutos que estive dentro da prisão para me pedir um auxilio em seu estudo! Estou tão feliz! A partir de semana que vem cada um deles terá o seu próprio kit de estudo incluindo o estudo bíblico, bíblia e um lápis!
Orem pó todos eles que ainda não decorei os nomes todos... mas fiquem com o nome João, Quinha e Nilton.

Por fim...
Notícia # 4:
As ultimas 2 semanas tem sido intensas em acontecimentos complexos da natureza!
Em 2 semanas vaias cidades no mundo inundaram, vários paises tiveram desastrosos terremotos e grandes tsunamis!
JESUS ESTÁ MAIS PERTO AGORAAA!!! Isso é a melhor noticia! Falta muito pouco!

Bom... Vou correr para a classe bíblica... mais boas noticias logo em breve!

Abraço com saudades!

Aline

terça-feira, 2 de março de 2010

Lírio no Lodo!


O Cabo Verde é um país de comumente imigrante!
Temos hoje no Cabo Verde um pouco menos de 500 mil habitantes e mais de 600 mil caboverdianos, morando, trabalhando e estudando fora dessas ilhas!
È com essa introdução que conto a história desse menino dessa foto acima!
O nome dele é Ricardo, ele tem 19 anos e é uma das minhas companhias de visitação! Com ele consegui visitar mais de 30 famílias em 2 semanas! Um recorde que se não fosse a sua organização e pontualidade jamais teria sido alcançado!
Talvez olhando de longe, o Ricardo é como qualquer outro jovem da igreja, mas é só ele começar a andar e a falar que você constata diferenças gritantes! Ele é extremamente calmo e altruísta! A rotina dele envolve cuidar da avó, dos primos como se fossem seus próprios filhos e ainda servir ao Senhor quase que todos os dias da semana!
O interessante é que o Ricardo é um testemunho mesmo calado! Ao saber que ele é adventista tão dedicado dessa forma, achamos que ele tem total apoio da família para isso. Mas isso não chega nem perto de ser verdade! A família dele é católica fervorosa e dedicada e tem um grande e movimentado bar aqui perto da minha casa e sempre reclamam que ele não trabalha lá como o resto da família e ainda tem que ir para a igreja nos dias mais movimentados, sexta de noite até o horário da manhã!
O Ricardo se converteu durante uma campanha evangelística que o Pr. Elmer Guzman fez enquanto esteve por aqui há 3 anos atrás! Ele conta que estava em casa fazendo nada e começou a escutar uma musica "gostosa de ouvir" e então foi seguindo a musica até chegar na campanha! Ele no primeiro dia ficou do lado de fora escutando e nos dias seguintes foi acompanhando do lado de dentro da escola que estava acontecendo a campanha. Naquela mesma campanha ele, juntamente com outras 22 pessoas, entregaram a vida a Jesus!
Desde então o Ricardo tem sido um testemunho vivo de Jesus e Seu amor e Sua mansidão aos que o cercam!
No entanto sua família resolveu manda-lo para os EUA para que ele pudesse ter uma melhor oportunidade de estudo!
Hoje ele está indo embora! Esse menino simples veio até minha casa se despedir de mim e pude apenas agradecer a ele e a Deus pela honra de tê-lo conhecido antes que ele fosse embora! Meu coração doeu e não pude deixar de chorar por algo que em alguns meses será definitivo. Muitos dos que se fizeram família para mim por aqui eu provavelmente não verei mais! Não tenho duvida que Jesus está às portas para vir nos buscar! E sei que diante dessa saudade doida que me é apresentada todos os dias, a solução é apenas uma: O Céu!
Peço que orem pela vida do Ricardo que agora está indo para uma cidade desconhecida para ele, Que Jesus coloque pessoas em sua vida para aproxima-lo mais dEle!

Essa semana venho com mais noticias do amor de Deus!

Grande abraço

Aline

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

... porque a todos que eu te enviar irás; e tudo que eu te mandar falarás. Jer.1:7


Hoje de manhã fomos, eu e minha dupla de visitação, à cadeia civil!
Já tinha ido há algumas semanas atrás e começado estudo bíblico com dois jovens não adventistas que estão lá por droga e assassinato!
Incrível que olhamos hoje para esses e vemos a enorme transformação que Cristo fez em suas vidas!
Para entrar temos que esperar em uma fila bem grande por volta de 2 horas embaixo do sol. quando entramos somos revistados e logo que conseguimos, permanecemos por apenas 30 min, mas vale cada minuto! È tempo suficiente para conseguir dar o estudo bíblico e orar com eles! Incrível que mesmo sem perceber atingimos pessoas que jamais acreditaríamos em suas conversões se não fosse pela nossa crença em um Deus que transforma todas as coisas.
Estou dizendo isso porque na ultima vez que fui visitar a cadeia conheci lá um rapaz que era de uma gangue e que estava lá para visitar um dos seus companheiros de gangue acusado de tráfico de drogas!
Essa semana a mãe dele foi procurar-nos para irmos visitá-lo porque ele estava muito estranho: tirou o brinco, mudou as roupas e começou a falar coisas estranhas (segundo ela) sobre Jesus!
Quando cheguei, ele disse que gostaria de estudar a bíblia conosco!
Eu achei aquilo muito estranho e perguntei exatamente porque ele queria tomar estudo (minha dupla riu da minha pergunta). Ele disse que escutou a mensagem de Jesus e paz que eu estava dando no dia da visitação na prisão e que por mais que tentasse, não conseguia deixar de prestar atenção.
Começo os estudos dele hoje de tarde! Incrível o que Jesus pode fazer pelos seus filhos...
Só um detalhe que já estava esquecendo: O salão onde os presos se encontram é coletivo e tem um barulho absurdo. Para conseguirmos dar estudo lá dentro, temos que falar muito alto e muito perto das pessoas. Como aquele menino escutou o que eu estava falando? Tenho certeza que foi Jesus! O nome do menino é Alex, incluam em suas orações!

Orem pelo nosso projeto de dar estudo dentro da cadeia feminina, elas também precisam de Jesus e de paz!!


Grande Abraço Cheio de Saudades!!!


Aline Camargo

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Acampamento por R$21,50







O Carnaval daqui do Cabo Verde ainda é uma novidade e engatinha em crescimento (ou queda), mas mesmo nao havendo tanto movimento carnal nesses dias de fevereiro, as igrejas se retiram para melhor comunhão uns com os outros e com Deus!
Partiipei de eum dos acampamentos da parte sul do Cabo Verde que incluia 4 igrejas!
3 delas eu já conhecia, só uma igreja que é nova, ainda uma counidade, que faltava conhecer!
O acampamento foi surpreendente em vários aspectos:
1º pq quando cheguei lá percebi que era um Oasis com coqueiros e um poço!
2º chegamos e já estava tudo muito organizado, barracas montadas, cozinha improvizada e almoço quase pronto!
3º porque nunca imaginei que gostaria de fazer as coisas q eu fiz
4º eu nao imaginei q fosse fazer tantos amigos como fiz por lá!

As atividades foram intensas e muito restritas à agenda do acampamento! tiveram palestras ao ar livre e horas restritas para ir ao Mar, que era a menos de 200 mt do arraial onde estavam as barracas! possuia horário para dormir, comer e tomar banho!
Aprendi tantas coisas novas que acredito estar um pouco mais preparada para a perseguição! rs
Acordava cedo e ligava a Rádio JA para os acampantes escutarem musicas enquanto se preparavam para a formatura das bandeiras!
ia para a "cozinha" fazer o café da manhã... aprendi a acender o fogo! Fomos buscar banana no Bananal 2 km dali. e voltavamos para servir o café da manhã!
as pessoas são mutio simples e se importam pouco com pequenas adversidades de alimentação. Por exemplo: eu estava servindo a cevada com leite na panela grande e derrepente aparece um menininho com menos de 2 anos e joga uma pedra (um pouco menor q a palma da minha mão) na panela! eu olhei assustada e fiquei esperando uma revolta armada da fila que estava com muita fome! foi então que todos começaram a rir e falaram q nao tinha problema, q eu poderia cntinuar a servir! rs
depois descobri que os legumes das refeições eram cortadas em tabuas de madeira sem cobertura alguma que ficam ao ar livre durante vários acampamentos! Sim... a tabua era cheia de rachos e vergoes pronto para servir de casa e habitat para diversos tipos de animais! rs
a hora d banho era fantástica, eu tiha direito a 2,5 L de agua, equivalente a meio balde pequeno! e Deus multiplicava, pq ainda sobrava um pouco para tirar a terra do caminho até a barraca! e prometo q consegui me lavar direito...rs
por fim, o mais interessante era perceber que mesmo eles tendo sido avisados de que nao poderiam fazer o que quisessem nem na hora que quisessem ele estavam felizes! Se divertiram muito e fizeram novas amizades! Tudo porque, segundo eles, estavam fazendo a vontade de Deus e isso já era bom! rs
foi excelente ter um contato maior com a natureza e conhecer novas pessoas e novos jeitos e ideias de como servir a Deus! Conhecer novos pontos de vista enriquece nosso conhecimento sobre o próprio Deus! pude fazer cultos excelentes a beira da praia vazia e lá Deus me mostrou Jeremias 1! Eu posso tudo nAquele que me enviou até aqui!

Saudades de todos!

Grande beijo!


ALine

ps> esse sábado consegui assistir o culto do Pr. Zanella pela internet! Foi exatamente o que eu precisava escutar. Muito obrigada a vocês que cuidam da tecnologia: Estão sendo usados por Jesus!

sábado, 13 de fevereiro de 2010

Não Sejais ignorantes quanto aos que dormem!


Minhas visitações essa semana foram um pouco desfalcadas devido a gripe! mas em uma das poucas casas que entrei aprendi uma enorme lição: Deus se importa muito com todos os seus filhos!

Entrei na casa da Alice. Haviam me avisado que ela estava com câncer e que já tinha diagnosticado uma impossibilidade de cura. A família dela toda estava por lá quando entrei na casa, mas ninguém estava no quarto. Quando entrei no quarto sozinha vi uma mulher inchada deitada na cama com poucos movimentos, dificuldade respiratória e sem fala! acima de sua cama havia um grande "terço" católico e diversas imagens!
lá eu vi quão incapaz eu sou. Então fiz a única coisa que consegui no momento: ajoelhei ao lado de sua cama e orei! "Deus, ela é sua filha, o Senhor a conhece desde o ventre de sua mãe! o Senhor formou cada parte de seu corpo! Agora os médicos desse mundo disseram que ela não terá cura. Mas eu te conheço e sei quão poderoso o Senhor é! sei que o Senhor tem todo o poder para cura-la se essa é a Sua vontade, agora se não for Pai, dê a ela o doce descanso até a Sua volta! Ela está sofrendo meu Pai! Coloco a vida da Alice nas Suas mãos! Amém"
percebi quando levantei que outras pessoas estavam no quarto ouvindo a oração! levantei e fiquei ali parada orando em pensamento pela família. Sai de lá me sentindo insuficiente para Jesus! pensando porque não tinha cantado, porque não pedi para ela se levantar e andar? pq?!
Aquela foi a ultima visita do dia e logo voltei para casa para terminar de arrumar minha classe bíblica! mas os pensamentos tristes me tomaram por completo!
No dia seguinte, minha dupla de visitação, Anicia, me disse que teria de ir ao enterro, perguntei de quem... Ela disse que a Alice descansou logo depois que sai de lá! Até tentaram nos chamar no caminho, mas já havíamos entrado na estrada principal, não nos acharam!
Pode ser que alguns ainda achem que eu deveria te-la ordenado levantar e andar. No entanto sei que Deus a fez descansar por Sua própria vontade! Não sou mais ignorante! Ela descansa!

Abraço

Aline

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Sábado deveria ser um dia feliz!!!!

Foi meu aniversário na sexta! passei o dia de folga na praia conversando com Jesus e quando voltei de noite encontrei uma festa surpresa no meu apartamento! tão bonitinhos! os membros da igreja são sempre muita=o carinhosos comigo! Fiquei mto feliz!
mas o sábado de manhã foi de novo estressante. a moda nova é não deixar ngm de manga curta entrar no pulpito. foi inventada essa semana que passou!
se ao menos se empenhassem em trabalhar para Jesus, mas não! resolveram q finalmente vao insituir a classe biblica (na igreja que está faltando instituir), mas ela será para os membros "fracos na fé"! agora eu tenho uma pergunta: Quem é que decide quem é fraco na fé?!
quem respondeu Deus errou! é o Ancião!
enfim... o sábado foi cheio de pesar para muitos. decidi que falarei com o presidente essa segunda feira para resolver essa questão!
continuo pedindo pela oração de tds vcs!

Grande abraço cheio de saudade do Brasil!!

Aline (ainda mais preta!)

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Lamentável os que amam a Lei e odeiam o próximo!









A classe Biblica está já na sua 2ª semana! está uma bênção ensinar para essas pessoas que possuem tantas duvidas sobre como na verdade Deus é amor e não apenas Lei!
Tenho visitado cada um dos estudantes da classe Biblica para anima-los a voltarem e continuarem nos estudos! peço que vocês orem pela classe bíblica para que cada dia mais Deus envie alguma alma perdida precisando da ajuda do Céu!

Porém temos alguns outros problemas! De fato temos conseguido instituir maravilhas em uma das igrejas, mesmo que com dificuldades. No entanto a outra está passando por uma forte crise de liderança!
Aqui a influência católica faz com que até os irmãos da nossa igreja sejam legalistas e tendam a acreditar que a salvação seja pelas obras! Ajunta a isso o fato de possuirem um presidente também muito duro e cheio de normas pouco funcionais e úteis o que os leva a crer que de fato a Instituição Adventista seja assim!
Esse final de semana que passou foi um pouco triste! cheguei na igreja no sábado de manhã logo depois de ter visitado algumas casas (faço isso antes de ir para o culto de manhã, sempre acabo conseguindo alguem para ir junto!) e o Ancião e mais algumas pessoas estavam gritando na porta da igreja, em pleno sábado de estudo de Paciencia!
Como havia uma senhora da igreja doente, peguei mais 2 meninas e fomos passar a lição para ela em casa, assim evitava ter que estar naquele meio!
O culto foi mais uma vez cheio de legalismos e acusações, como a maioria dos cultos dessa igreja!
de tarde eles resolveram ao invés de fazer ação missionária no horário, discutir sobre a roupa das meninas (que é perfeitamente decente)e ir mais tarde para o campo dar estudos. Como eu tinha horário marcado para dar alguns estudos, sai e dei os estudos! quando voltei eles estavam saindo para o campo missionário! todos menos o Ancião e mais 2 lideres da igreja q continuaram por toda a tarde discutindo sobre normas e bons costumes!
Cantamos em várias casas com violão sobre a volta de Jesus! Foi bem bonito e cheio de amor!
No domingo de noite estava saindo do meu 4ª estudo do dia para ir para o culto da igreja quando eu encontro uma das meninas que dou estudo, chorando muito! Ela tem uma vida muito dificil: Separada, o marido nao dá pensão, ela tem que ajudar em casa, possui dois irmãos presos... enfim a vida dela não é fácil! fiquei por ali lendo a biblia e orando com ela até que ela se acalmou e pude ir para a igreja! já estava 30 min. atrasada para o culto, mas enfim entrei! quando entrei o 1º ancião estava falando sobre vestimenta das meninas! aqui não é possivel usar calças e nao tem a ver com a cultura local, porque algumas igrejas permitem o uso de calças. E é claro que por nao haver o minimo de base teológica ou biblica nisso as meninas dessa igreja não aceitam nenhum argumento! Eu por estar de passagem uso calça apenas quando estou viajando, uso apenas saia dentro da cidade para nao ser um escandalo para ninguem! mas voltando ao sermao, ele foi completamente gritado e cheio de acusações para todos e todas que usam roupas diferentes das usadas pela irmã Ellen W.
foi um sermão lamentável cheio de ódio e citações contra os preceitos do Senhor Jesus!
algumas das que mais me chocaram foi:
1- Podem me chamar de fariseu sim, sou fariseu mesmo!e não tem problema algum em ser fariseu!
2-é melhor você se preocupar com o seu exterior do que com seu interior porque é o exterior que as pessoas olham.
3- pode ser que nas outras igrejas do mundo as pessoas usem o que elas querem, mas essas vao para o inferno e essa igreja nao irá, porque nós somos diferentes deles!

Bom... vocês imaginam como deve ser conviver com esse tipo de liderança! A igreja em sí é maravilhosa e cheia de amor, mas um ancião que possui apenas 28 anos e que acredita piamente que por cumprir a lei e os bons cotumes será salvo, acaba coagindo através da disciplina os membros da igreja. Eles concordam e agem conforme esse ancião quer, simplesmente porque se assim nao for, serão disciplinados!
Eu peço a oração dos irmãos. Todo o trabalho que eu tento fazer com os jovens e novos na fé dentro dessa igreja, acaba desmanchado pelo legalismo e falta de amor de uma pessoa apenas! Sei que Deus ama esse ancião e que quer ensina-lo sobre seu infinito amor!
Tenho certeza que Deus tem como me usar nisso, mas de fato estou precisando de um pouco de paciencia e força para aguentar isso!
Graças a Deus que a cada pessoa cheia de ódio que eu encontro por aqui, Deus manda 10 para me amar!

Fico por aqui com a certeza antecipada da oração e no próximo eu conto mais sobre os dias de Cabo Verde!

Bjos

Aline

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Jejum e Oração!



Ester 4:16

Nesse verso Ester pediu que ajuntasse o povo judeu e os colocasse em Jejum para que ela fosse aceita pelo Rei!

Amanhã uma das igrejas que eu cuida estará em jejum e oração! o ano começou e decidiram que esse ano será um ano missionário! É lindo como eles se mobilizam a trabalhar pela causa do Senhor! se distribuiram em duplas missionárias para invadirem o campo em volta de sua igreja e usaram do poder do Senhor para anunciar e convidá-los para a nova classe biblica que começa nessa segunda!
fizeram um convite muito bonito e amanhã estarão destribuindo quando o Jejum estiver no fim!
Estou muito empolgada por esse movimento! grandes coisas faz o Senhor pelos filhos que se unem em adoração à Ele! E o que não é esse ato se não uma linda adoração dos filhos do Senhor?!
Orem por nós também!
A pauta de oração é:
1- Classe biblica
2- Para que as pessoas que entraremos em contato se entreguem ao Senhor
3- Para que Deus fortaleça sempre as duplas missionárias.

Estamos agora apenas esperando pelas bênçãos de Deus!

Ótimo Sábado aos queridos!!!

Bjão

Aline

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Tempo de ausência - Parte II













Logo depois que me assentei em meu apartamento tive que recuperar o tempo perdido desde a mudança até a busca por um apartamento. Fiz uma lista longa e prática com os meus acompanhantes de visitas e fomos correr para termina-las até o final do ano de 2009.

Os locais onde costumo fazer visitações são simples: alguns cheios de pedras e lama, outros caminhos de areia, mas todos são completos com sujeiras! Lugares complicados de caminhar a pé, mas que o autocarro (ônibus) não passa! Devem ser percorridos a pé! O pé sai todo empoeirado e cheio de sujeira, aqui faria todo sentido possuir lava-pés nas casas como no tempo de Jesus...rs
Chegamos as casas e todo o esforço é válido! As pessoas nos recebem com carinho e mesmo as que nos recebem relutantes a primeira vista, logo que começamos a conversar, o Espírito Santo age e nos tornamos amigas. Sempre pedem para que voltemos, mas não posso! Raramente volto nas mesmas casas. O trabalho é árduo e não temos pastores que possam auxiliar juntos o serviço! O que me obriga a voltar em necessidade extrema apenas!
O caminho continua e quando chega 18h30 temos que visitar as casas com mais atenção por causa do sol se pondo! Deixo sempre as noites para as constantes programações da igreja e para visitações de urgências que diariamente aparecem!
È fácil se deixar levar pelas casas que vamos visitar, e as vezes me dou conta que são 22h apenas quando a barriga começa a doer de fome! As pessoas te envolvem com a necessidade de Jesus de uma forma que te faz ficar lá orando e as ensinando sobre Jesus até que um sorriso se desponte em seus rostos!
A rotina foi grande e intensa. Muito cansativa, mas totalmente recompensadora! Conseguimos terminar grande parte das visitas e organizar outras para o começo desse ano por causa das férias de algumas pessoas!

As semanas seguintes foram cheias de presentes: Meu namorado, o Do, conseguiu comprar as passagens para passar duas semanas comigo aqui no Cabo Verde! Foi uma bênção porque pude passar as datas comemorativas pelo menos com parte da minha família por aqui!
Ele trouxe na bagagem cartinhas da família, a farinha de 15 grãos que minha mãe faz para mim, fotos da família e o abraço de cada membro que compõe o meu coração!
Minha rotina de trabalho teve que se manter a mesma por causa das datas comemorativas, então ele fez visitações comigo, participou de reuniões com os novos lideres de departamentos de 2010 e ainda conseguiu fazer vídeos e gravações para levar para vocês entenderem um pouquinho como é a vida por aqui! (Logo que terminar a edição entregará na igreja!).
Durante as duas semanas que ele esteve por aqui pude mostrar para ele um pouco da minha rotina, mas mais ainda, tranqüiliza-lo que meu assalto foi um caso isolado e usado para uma bênção maior: morar perto das duas igrejas que cuido!
Ele ficou alojado em vários locais: Casa do João, da Cleusa e do Luís (que me acolheram durante minha busca pelo apartamento) e quando estivemos na ilha do Fogo, na família de um teologando, o Gily, que faz faculdade no IAENE!
Todos foram muito gentis e carinhosos com ele o que o deixou impressionado! Os membros daqui nos tratam como de sua família! Passam bastante tempo nos fazendo se sentir em casa e nos abençoando com seu amor!
Pudemos passar o Natal com a família da Cleusa e de sua mãe Edith! Nos trataram como família e pudemos nos sentir melhor quanto à saudade de casa!
Na igreja aconteceu uma programação simples, mas muito gostosa e bem organizada! Poucas igrejas no Cabo Verde comemoraram o Natal. *Aconteceram palestras por aqui que informaram sobre o Natal ser uma data pagã.
Já no Ano novo passamos entre uma outra família muito querida na Ilha do Fogo! Lá participamos da programação da igreja local muito abençoada e conhecemos a casa a qual o pastor Eder Mascarenhas morou durante sua estadia aqui no Cabo Verde! Subimos o Vulcão e fizemos visita a uma família que perdeu no mar 2 filhos! Estavam muito abalados pelo fato de estarem comemorando datas de festa sem os filhos!
De qualquer forma foram momentos de muito amor e trabalho para o Senhor.

De volta à cidade da Praia pudemos entrar na rotina de pregações e programações da igreja e quando demos conta haviam acabado as duas semanas de visita do Do!
Deus me protegeu da imensa tristeza de ter que passar essas datas sozinha! Me trouxe uma alegria e ainda fez com que famílias substituíssem a minha durante essas datas!
Sinto imensa saudades de casa, mas sei que estou aqui para lembrar que Jesus também tem imensa saudade de nós. Quem sabe motivada dessa forma eu trabalho mais para diminuir esse tempo! Rs

Que Deus abençoe a cada um de nós!
Grande abraço cheio de saudades!


Aline




*Em um outro momento discorro melhor sobre esse assunto!

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010


Tempo de ausência...

Romanos 1: 14 e 15
Eu sou devedor, tanto a gregos como a bárbaros, tanto a sábios como a ignorantes.
E assim, quanto está em mim, estou pronto para também vos anunciar o evangelho, a vós que estais em Roma.

Eu começo esse texto com o verso de Paulo sobre a ausência de informações! Eu de fato me sinto em falta com os que sempre me apoiam e oram por mim. Não me ausentei pelo fato de tê-los amado menos, mas porque de alguma forma os problemas me limitaram em recursos e tempo, deixando o acesso a Internet ainda mais escasso!

Os acontecimentos foram sequenciais e levemente mais rápidos do que eu imaginei que seriam e abaixo eu os descrevo de forma sucinta deixando aqui também a intenção de descreve-los melhor nessa próxima semana que virá!


Como vocês já sabem, eu fui assaltada, imaginei que esse seria o ponto mais alto da minha dificuldade por aqui, mas aprendi que nem sempre as coisas acontecem na nossa lógica. Assim que mudei de casa, me instalei na casa de uma senhora de 74 anos de idade, irmã de uma das igrejas a qual eu cuido. A muito ela tinha me oferecido um dos quartos do grande e solitário apartamento dela.
No entanto, a falta de saúde dela, tanto mental quanto física, acabou por dificultar a minha estadia. Então, decidi que cuidaria da casa dela e logo procuraria um novo lugar para morar. Limpei a casa dela (um pouco grande e lotada para uma senhora sozinha), dei banho nos cachorros, lavei todas as roupas e cortinas (por estar sozinha, fazia mais de 4 meses que ela não lavava roupa) e por fim cuidei da alimentação dela e sai da casa. Isso me tomou 1 semana. Trabalhava apenas na parte da tarde e da noite pelo fato de cuidar dessa senhora e da casa na parte da manhã.

Logo em seguida por não ter encontrado um apartamento até aquele momento, aceitei um dos convites dos irmãos das igrejas que cuido. Foram muitos os convites, são sempre muito amáveis comigo os irmãos daqui.
Fui então morar na casa de um casal da igreja. Já os citei em um post anterior. Cleusa e Luís. Eles foram uma bênção gigante para mim por 3 semanas. Eles mostraram tanto carinho para mim quanto demonstravam para filha deles. Na primeira semana que estava morando com eles, dediquei a procurar um apartamento. Tive que fazê-lo sozinha porque não era da vontade do presidente da Associação local que eu me mudasse, mesmo ele sabendo que estava morando em uma das regiões mais perigosas da cidade.
O problema de ser estrangeira em um país prioritariamente turístico, é que quando você procurar algum produto, ele lhe custará muito mais do que custaria para pessoas locais. A procura dos apartamentos foi intensa por uma semana, no entanto inútil! Todos os apartamentos que visitava, no telefone tinha um preço, quando passava a encontrar os donos aumentava mais de 50% no preço. No final dessa primeira semana fiquei muito triste e liguei chorando em casa para saber o que deveria fazer. Foi então que minha mãe pegou na caixinha de promessas Jeremias 33:3 “Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes.”
Percebi então que se Deus quisesse, o apartamento seria entregue nas minhas mãos sem que eu tivesse que perder nem mais um dia de trabalho assim como já havia perdido nas últimas semanas. Foi então que resolvi que voltaria a trabalhar. A semana seguinte começou cheia de vitórias. Conseguimos marcar mais alguns estudos bíblicos e foi cheia de alegria ao levar boas novas aos que nada possuíam a não ser a tristeza do pecado.
No entanto apesar dessa segunda semana ter começado bem, foi interrompida por uma sensação incomum em mim! Comecei com uma dor de cabeça indescritível e logo vieram as tonturas! Tive certeza que não estava bem quando em um dos momentos de visitação fui obrigada a sentar no chão por causa da dor de cabeça.
Fui ao médico que me disse o que já havia sido dito a mais de 120 pessoas só naquele dia pela extensão de todo o território Caboverdiano: Dengue. A epidemia finalmente havia me atingido. Fiquei desolada. Me senti a pior das criaturas.
Teria eu cometido algum pecado tão grande para não ser protegida pelo Senhor dessa forma? Chorei mais de tristeza do que de dor e fiquei na cama durante aquela noite desde bem cedo. A Cleusa e o Luís ficaram preocupados comigo e com a filha deles de 2anos que estava também com os mesmos sintomas que eu, e sem que eu soubesse passaram a noite inteira orando por nós duas!
Eu acordei no outro dia com a Eliene (a filha deles) em cima de mim tentando me fazer rir! Rs
Essa menina linda tinha sido curada em apenas 30 horas de uma doença que demora mais de 1 semana para passar. Quando me dei conta eu também estava curada. Não sentia enjoo nem febre e nada de dor de cabeça. Na mesma tarde pude voltar a trabalhar.

Aos descrentes daqui eu não tive dengue, mas para os que conhecem o poder de Deus, eu de fato fui curada por Aquele que realmente se importa com a minha vida! Logo depois da dengue eu entendi que agora podia conversar com as pessoas e falar de forma que mais próxima delas. Eu as entendia, tive o mesmo problema que elas. Minha comunicação com as pessoas passou a ser muito mais cheia de amor. Deus tinha operado na minha vida um milagre.
Passei mais uma semana trabalhando sem noticia nenhuma de casa ou apartamento para alugar até que um dos irmãos ficou sabendo da minha situação e me ajudou a procurar. Achou um apartamento perto da minha zona de trabalho e em menos de 1 semana me mudei! O apartamento que eu estou agora é pequeno e bem arejado, perto das ovelhas do Senhor que eu tenho trabalhado e ainda é mais barato, o que me deu a possibilidade de instalar Internet. De fao Deus cumpriu sua promessa de Jeremias 33:3

Todas as coisas que aconteceram me colocaram mais próximas do Senhor. Entendi que o inimigo não está nada feliz com o trabalho que nós (eu e vocês) temos feito por aqui. Mas ele também sabe que o nosso Deus é muito maior que qualquer dificuldade o que me deixa imensamente feliz! Nada pode nos abalar quando estamos ligados ao Senhor!

Estou com muita saudade de vocês! Logo volto com o restante das histórias!

Grande abraço e um ótimo ano novo!!!

Aline